Moradia “Correnteza”

Lisboa
Photo © João Morgado
Photo © João Morgado
Photo © João Morgado
Photo © João Morgado
Photo © João Morgado
Photo © João Morgado
Photo © João Morgado
Photo © João Morgado
Photo © João Morgado
Photo © João Morgado
Arquitectos
Humberto Conde Arquitectos | HRA-Lisboa
Localização
Lisboa
Ano
2015
Client
SRU – LISBOA OCIDENTAL
Author
HUMBERTO CONDE
Collaborators
FILIPE RAMALHO
Complementary Projects
2BUILDENGENHARIA
Building area
100 m²

Essa intervenção visa apenas a salvaguarda das duas únicas fachadas que o compõem, com as quais o edifício faz frente de rua no gaveto em que se localiza, a Norte e Nascente, dado o elevado estado de degradação do edifício existente. Ainda que o edifício existente não apresente uma qualidade arquitectónica e construtiva notável, contribui para a coesão da imagem urbana do conjunto em que se insere, pelo que a manutenção das fachadas permite a continuidade do diálogo entre o edifício e o contexto em que se insere.

Esta intervenção, apesar de procurar as referências circundantes, possui um carácter assumidamente contemporâneo, no qual a escolha do material - zinco – desempenha um papel fundamental. A nível funcional, trata-se de uma habitação unifamiliar T2 distribuída em dois pisos, cuja organização do espaço adequou-se à metrica de vãos existente, subvertendo apenas a localização do acesso principal ao edifício. Este acesso concretiza-se agora no alçado Norte a uma cota intermédia entre os dois pisos. Esta opção, permite a criação de um pequeno hall, que precede à distribuição e à separação entre a zona privada e a social, localizadas respectivamente no piso térreo e no piso 1. Assim, enquanto no piso térreo encontramos os dois quartos e uma pequena instalação sanitária, no piso superior destaca-se a zona social composta pela sala / cozinha integrada e uma instalação sanitária social. Esta intencionalidade de colocar a zona social no piso mais elevado, contrariamente ao que acontece nas tipologias tradicionais, tira partido da volumetria proporcionada pela cobertura, que desta forma descomprime o espaço, ao mesmo tempo que lhe confere um certo dinamismo. Esta alteração na distribuição dos espaços comuns permite simultaneamente uma expansão visual nas relações que o interior estabelece com o exterior, criando perspectivas mais alongadas e potenciando entradas de luz inesperadas.

Projetos relacionados

  • „els“ – Elsbethenareal-Schrannenplatz
    F64 Architekten PartGmbB
  • Eclectic Apartment
    JUNG
  • Haus R
    NW/A
  • SchloR – Schöner Leben ohne Rendite
    GABU Heindl Architektur
  • Fünf Freund*innen | Geförderter Wohnbau
    GABU Heindl Architektur

Revista

Outros projetos por Humberto Conde Architects | HRA-Lisboa

Paris River Champagne Bar
Paris, França
Baltic Thermal Pool Park
Liepaja , Latvia
INNATUR - Centro de Interpretação da Natureza
Berlengas
Moradia “Vasco da Gama”
Cascais
L.I.B.O. Living in Borneo
Amesterdão, Holanda